Blog Papo de Amiga

Existem tantas palavras acumuladas ao longo desse tempo em que estivemos juntos, e que eu não pude te dizer, pois você nunca me deu a oportunidade. 

Nunca pude te dizer que gostaria que estivesse ao meu lado durante minhas frustrações, pois eu fazia questão de estar disponível todas as vezes que você queria desabafar. 

Nunca pude dizer como amo suas confusões, e que, se pudesse, seria a resolução para todas elas. Também não te disse como amava quando você me procurava para desabafar sobre as dificuldades dos seus dias. 

Nunca me deixou te dizer como meu coração queimava todas as vezes que me falava “eu nunca contei isso pra ninguém”, e, em seguida, despejava uma confissão em nossos diálogos. 

Nunca pude de dizer como amo sua presença e o cheiro que você exalava, e que sempre inundava o espaço que ocupávamos. 

Nunca deixou que eu dissesse que eu adoro seu cabelo e como ele reluz à luz do sol. Que amo as suas pintinhas, pois elas te deixam extremamente fofo. 

Nunca me deixou te falar como eu gostaria de ter a oportunidade de te fazer feliz e que ver você triste partia meu coração. 

Nunca me deixou te dizer que eu te amo. Também não deixou que eu te amasse como eu queria ter amado. Nem que andássemos de mãos dadas em público, porque eu não era essa pessoa para você. 

Tudo o que você deixou foi que eu me apaixonasse, para me abandonar com um coração em pedaços e com todas as coisas que eu diria a você, se pudesse.

2 Comentários